Sindipetro inicia dia na Lubnor e petroleiros seguem para ato em defesa da Educação

O Sindicato dos petroleiros do Ceará e Piauí iniciou o dia de hoje com a distribuição da camisa “Privatizar a Lubnor faz mal ao Ceará”, na porta da Refinaria de Lubrificantes do Nordeste (Lubnor). Depois disso, os petroleiros seguiram para a Praça da Bandeira, para apoiar o ato nacional da Educação.

O petroleiros Marcos, da Reman, o estudante Canaã, a presidenta da Fetamce, Enedina, e o vereador Ronivaldo somaram apoio ao movimento.

[100 mil nas ruas de Fortaleza em defesa do direito à educação]

Cerca de 100 mil pessoas ocuparam as ruas de Fortaleza, nesta quarta-feira (15/5), Dia Nacional de Greve da Educação, para protestar contra o corte de verbas para o setor anunciado pelo ministro da educação Abraham Weintraub.

Bastante plural, o ato reuniu professores, estudantes, profissionais liberais, trabalhadores, operários, agricultores, servidores públicos, movimentos sociais, centrais sindicais, sociedade civil e as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo. Eles saíram em marcha da Praça da Bandeira, e seguiram pelas ruas do Centro em direção ao cruzamento da Avenida da Universidade com a Avenida 13 de Maio, em frente à Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), no Benfica, que foi bastante afetada pelos cortes. No final do percurso os estudantes puxaram uma grande “vaia cearense” em repúdio ao congelamento de recursos.

Saiba mais: http://bit.ly/2Yrv5iA

Assista ao vídeo completo do ato: http://bit.ly/2YyRU49

Veja as fotos: http://bit.ly/2Hl3IB9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SINDIPETRO-CE/PI

Avenida Francisco Sá, 1823, Jacarecanga - CEP: 60010-450
(85) 3238-6355 / imprensa@sindipetroce-pi.org.br