Congresso Estadual: barrar venda de refinarias e fim da previdência são pautas prioritárias

O 34º Congresso dos Petroleiros Estadual do Ceará/Piauí reafirmou a luta contra as vendas das refinarias no Brasil, em especial a Lubnor, além da TAG, Fazenda Belém, plataformas e TermoCeará. Na mesa de abertura, representantes dos movimentos sociais reafirmaram o apoio à luta da categoria petroleira e da soberania nacional.

[ASSISTA A TRANSMISSÃO GRAVADA DO CONGRESSO AQUI]

Participaram representantes do Movimento dos Atingidos Por Barragens (MAB), Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e União da Juventude Rebelião (UJR).

Ex-senador José Pimentel falou sobre o fim da aposentadoria.

No segundo dia de evento, após algumas alterações votadas no regimento, o ex-senador José Pimentel explanou os absurdos da proposta de Reforma da Previdência do Governo Bolsonaro. “É transformar a securidade do trabalhador numa poupança individual capitalizada, retirando a obrigação constitucional do Estado e do empregador de contribuir”, afirmou Pimentel.

Jorge Oliveira afirmou que “esse momento é de unidade. Basta os trabalhadores pararem para mostrar sua força. O petroleiro tem que estar pronto para isso. Essa direção entreguista não irá conseguir nos inibir. Vamos centralizar nossas forças para barrar a venda da Lubnor, um ato nacional foi marcado para terça-feira. As refinarias são estratégicas para o Brasil e a Lubnor é muito importante para o nosso Estado. Os trabalhadores da Lubnor, Transpetro, e E&P certamente unirão forças com os movimentos sociais e todos os trabalhadores das demais categorias na luta contra a destruição do país por esse governo”, finalizou o presidente.

Na tarde, petroleiros tiveram uma análise econômica com o assessor do Dieese, Reginaldo Aguiar.

No Congresso também foram referendadas e aprovadas as resoluções do 7º Encontro Nacional de Mulheres Petroleiras da FUP.

CONFIRA A TESE APROVADA AQUI. 

PROPOSTAS APROVADAS:

– ATO DIA 30 DE ABRIL EM DEFESA DA LUBNOR;
– BUSCAR APOIO DE PARLAMENTARES CONTRA A PRIVATIZAÇÃO DA LUBNOR, TAG, PLATAFORMAS, FAZENDA BELÉM, TERMOCEARÁ;
– ORGANIZAR AUDIÊNCIAS PÚBLICAS PARA DEBATER A IMPORTÂNCIA DA PETROBRÁS PARA O ESTADO;
– PLENÁRIA COM A PLATAFORMA OPERÁRIA E CAMPONESA PARA ENERGIA E MOVIMENTOS SOCIAIS ALIADOS;
– SEMINÁRIO JURÍDICO DO SINDIPETRO CONTRA AS PRIVATIZAÇÕES;
– PARTICIPAÇÃO DA CATEGORIA NO 1º DE MAIO ORGANIZADO PELAS CENTRAIS E FRENTES;

 

DELEGADOS ELEITOS

GERSON DALTO
EDUARDO MENDONÇA
LORENA JALES
EMANUEL MENEZES
WANDERLEY ANTUNES
ORIÁ FERNANDES

OBSERVADORES:

JORGE OLIVEIRA
DOMINGOS DOS SANTOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SINDIPETRO-CE/PI

Avenida Francisco Sá, 1823, Jacarecanga - CEP: 60010-450
(85) 3238-6355 / imprensa@sindipetroce-pi.org.br