Sindipetro participa de Audiência Pública na Câmara de Icapuí em defesa dos Campos de Fazenda Belém

A Câmara Municipal de Icapuí realizou no dia 28 de Março uma audiência pública onde discutiu o desinvestimento da Petrobrás no Ceará, em especial o campo de  Fazenda Belém.

Após a abertura com o hino nacional e “Para Não dizer que não falei das flores”, de Geraldo Vandré, o presidente do Sindipetro CE/PI, Jorge Oliveira, ressaltou a importância da Petrobrás para o município de Icapuí, exemplificando a deficiência social e econômica da região de Juatama, em Quixadá, depois que a Petrobrás fechou no local. “A gente tem que defender a Petrobrás com todas as nossas forças, alguns dizem que sindicatos atrapalham as empresas, mas nós somos os que mais defendemos a Petrobrás”.

Oliveira disse ainda que os campos possuem produção constante e que a política do governo golpista é de acabar com investimentos em campos considerados “pequenos”. “Agora depende da sociedade e dos parlamentares para defender os investimentos em nosso Estado”, disse.

Emanuel Menezes, diretor do Sindipetro CE/PI e da Federação Única dos Petroleiros,  lamentou o ataque fascista à caravana do presidente Lula. “Não tenho esperança de que os culpados serão punidos, porque esses fascistas defendem os interesses da elite, que são interesses que estão em primeiro lugar no sistema golpista de Michel Temer. Por isso estamos aqui, porque estamos indo contra o interesse dessas elites, em relação ao que estão fazendo com o nosso patrimônio, aos empregos dos trabalhadores.  A Petrobrás é a ponta de lança do desenvolvimento nacional, o filé mignon da nação que está sendo entregue para atender os interesses dos estrangeiros e também dos capitalistas nacionais”, alertou.

Menezes ainda lamentou o desinteresse sobre esse tema da Petrobrás. “O que se tenta passar para a população é que a Petrobrás é um peso para o trabalhador, e que a Petrobrás da lucro sendo vendida. Isso é uma grande mentira abraçada pela mídia e fortalecida pelos nossos representantes. Um estudo feito pela FUP, chamado Pauta pelo Brasil, foi revelado que para cada 1bilhão de reais, investido pela Petrobrás, a união tem um retorno de mais de R$ 800 milhões. A Petrobrás não representa peso nenhum, ela é força motriz que desenvolve esse país”.

“Defender a Petrobrás é defender o Brasil, mas só conseguiremos isso se nós, os trabalhadores, se unirem. Se não acordarmos, seremos cada vez mais penalizados. Haverá outras audiências que denunciaremos todo esse complô para entregar a Petrobrás”, finalizou.

Também participaram da audiência os ex-deputados Dedé Teixeira (também ex-prefeito de Icapuí) e Antônio Carlos (representando a deputada Federal Luizianne Lins). Carlos, inclusive anunciou, um requerimento que a deputada Federal Luizianne Lins  protocolará na Câmara Federal para que os campos de Fazenda Belém não sejam vendidos.

Ao final, foi encaminhado entre os presentes que fossem procurados os deputados federais do Ceará para que eles tomem providências na defesa da Petrobrás no Ceará.

A audiência foi requerida pelos vereadores Antônio Sérgio de Araújo e Francisco Hélio Fernandes Rebouças.

ASSISTA A AUDIÊNCIA COMPLETA ABAIXO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SINDIPETRO-CE/PI

Avenida Francisco Sá, 1823, Jacarecanga - CEP: 60010-450
(85) 3238-6355 / imprensa@sindipetroce-pi.org.br