FUP cobra da empresa informações detalhadas sobre Benefício Farmácia

Nesta sexta-feira, 19 de janeiro, a FUP esteve reunida com a Petrobrás para esclarecer pontos do novo modelo, obter dados para análises e nivelamento de informações sobre:

1. Custo e custeio do BF, referentes ao ano de 2017, excluindo os reembolsos retroativos

2. Frequência de beneficiados em cada faixa de desconto nos 05 grupos de subsídio ou não subsídio, durante o ano de 2017, excluindo os reembolsos retroativos:

– Integral

– Parcial 1 (R$ 1 mil a R$ 5 mil)

– Parcial 2 (R$ 300,00 a R$ 5 mil)

– Parcial 3 (R$ 150,00 a R$ 300,00)

– sem subsídio (custo unitário até R$ 150,00)

3. Percentual e valores do custo do BF em relação ao custo total da AMS, referente ao ano de 2017, excluindo os reembolsos retroativos.

4. Volume e valor de medicamentos consumidos em 2017, cujo valor unitário foi inferior ao valor de R$150,00, para os seguintes grupos, excluindo os reembolsos retroativos, crônico prevalente (DCNT), cronico não prevalente e doenças agudas (não crônicos).

5. Simulação da aplicação do novo modelo no exercício de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SINDIPETRO-CE/PI

Avenida Francisco Sá, 1823, Jacarecanga - CEP: 60010-450
(85) 3238-6355 / imprensa@sindipetroce-pi.org.br